Empadas Brasileiras, é o que precisamos em nossas vidas neste inverno.

By  |  0 Comments

Precisamos conversar sobre tortas.

Esqueça aquela massa chocha e o recheio duvidoso de alguma loja de conveniência que encontramos no meio do caminho, que é uma tremenda enganação (na Austrália).

Uma boa torta mantém sua forma enquanto você a dilacera, mas uma fabulosa torta deve oferecer muito mais que isto. Ela deve ser um casamento milagroso entre o molho e um generoso recheio, sendo cuidadosamente envolta em uma massa escamosa e dourada que desempenha um papel igualmente importante.

É por isso que precisamos conversar sobre tortas ou definindo melhor: empadas brasileiras. Empadas são as tortas que você precisa em sua vida neste inverno sombrio. Mas antes de aprendermos um pouco mais sobre as empadas, e onde você pode encontrá-las em Melbourne (e você pode), precisamos conhecer melhor a Rainha das Empadas de Melbourne: Alessandra You.

Rainha das Empadas, Alessandra You

Atingida duramente pelas restrições de Isolamento pela segunda vez em Melbourne, Alessandra You, é uma Chef Paulistana que para contornar esse difícil momento se voltou para o conforto da criação de empadas e vender para a comunidade brasileira residente da cidade, depois de o restaurante onde Ale era contratada se juntar a milhares de outras empresas que baixaram suas portas de novo.

Com o visto temporário de trabalho, Alessandra não pode ser beneficiada com o suporte do governo federal australiano ou estadual de Victoria. Mas, como toda brasileira acostumada a desafios, ela não deixou a peteca cair. Em vez disso, ela assou e petecou. Mas esse não foi o primeiro golpe rasteiro que Alessandra sofreu, mesmo antes do primeiro Lockdown.
Rainha da Empada, Alessandra You.

“Algumas semanas antes da pandemia chegar à Austrália, minha carteira foi roubada logo depois da minha semana de pagamento. Meu dinheiro do aluguel, dinheiro do supermercado, dinheiro para contas … tudo se foi. Mas eu sabia que não podia ficar em casa e chorar. Eu sou brasileira, e nós não fazemos isso, então fui para meu lugar favorito – a cozinha – e comecei a assar tortas para os meus amigos mais próximos e tentar fazer algum dinheiro.

“Então vieram as primeiras restrições de isolamento e fui afastada do trabalho, mas não entrei em pânico (muito). Eu me esforcei para fazer mais empadas para a comunidade brasileira em Melbourne”, disse ela.
“Muitos brasileiros na Austrália estão na mesma posição. Muitos de nós somos estudantes com vistos temporários. Não podemos ir para casa e é difícil conseguirmos apoio.”

“Os brasileiros nunca ficam na expectativa que um governo irá cuidar de nós. Temos centenas de anos de governos que não cuidam de nós. Somos muito focados na família, portanto, quando tempos difíceis chegam, ajudamos uns aos outros. Somos uma família, não importa onde estamos vivendo. E nos ajudamos, não importa como”, disse ela.

Arquivo confidencial feito, hora de botar a mão na massa.

“As empadas se concentram primeiro na criação de uma ótima receita de massa: não muito seca e também não muito dura. A massa é frágil, mas precisa ser robusta o suficiente para unir os recheios. A massa é muito amanteigada e deve desmoronar perfeitamente. O casamento entre a massa e o recheio é fundamental em uma empada. E os brasileiros levam esse casamento a sério!”

Massa, perfeito. Peraí…E o recheio?

“Atualmente, estou produzindo três dos sabores mais populares da empada: frango cremoso com azeitonas e requeijão (um tipo de laticínio – Ah, os brasileiros são viciados em cream cheese, FYI se você não for brasileiro) … camarão; e palmito”.

Palmito? OK, vamos abrir parênteses aqui para explicar essa maravilha. “Heart of Palm” é popular no hemisfério ocidental, mas precisamos muito mais disso em nossas vidas australianas. As palmeiras jovens são cortadas, as cascas são removidas e o núcleo é extraído, as fibras são removidas e depois chegamos ao coração que é maravilhoso – repleto de potássio, vitaminas do complexo B, ferro, zinco, fósforo, cobre, é extraído. SAUDÁVEL que fala?

Este é um exemplo de Palmito. Não, não é alho-poró, nem banana, muito menos raiz de Lótus ou coração de alcachofra, é, mas parece…

Vamos voltar as empadas, é o que importa. Afinal de contas, qual é o tamanho destas empadas?

“Elas variam em tamanho, desde empadinhas (pense em tortinhas de festa, mas nutritivas) até empadão (uma torta enorme, basicamente, para mais de duas pessoas). OK, nós nos rendemos. VENDIDO, EU POSSO DIZER. Quanto custa? “As empadinhas custam apenas AU$ 5 cada. Os Empadões saem por AU$ 25 por uma torta de 1 kg e US $ 40 por uma torta de 1,6 kg.”

Ahhhhh, empadinhas


OMG. QUEREMOS A TORTA DE 1.6KG AGORA! As entregas acontecem aos sábados e para quem está a 10 km de Flemington custa um pouquinho mais. Você irá se deparar com um Deus Latino (também com visto temporário) chegando à sua porta com a divina empada. Empadas veganas e vegetarianas também podem ser feitas sob encomenda. Os pedidos podem ser feitos através da conta do Instagram de Alessandra You @missfeeling

Não perca tempo!  Ajude uma miga e tenha um pouco de empada em sua vida. O Isolamento no meio do inverno pode ser sombrio, então deixe um brasileiro trazer um pouco de carnaval e colorido para sua casa. Seu paladar entrará no ritmo do samba em pouco tempo.

Kikko Freitas

Kikko is from the sprawling megalopolis of São Paulo in Brazil. A producer of some truly bonkers TV shows, he counts Junior Bake-Off Brazil as "a show I have worked on." Enough said. Despite his lean frame, Kikko also knows how to shovel the food in.